Vazio

IMG_4609-ANIMATION

Todo mundo te diz como um intercambio pode ser algo enriquecedor e transformador pra sua vida. O quanto você só tem a ganhar ao sair de casa, conhecer o mundo e fazer novas amizades. O quão grande será o seu crescimento emocional e cultural ao passar por essa experiência muitas vezes de choques de culturas e realidades.

O que ninguém te diz é a mistura de felicidade, saudades e vazio que ficará depois dessa experiência. O qual mágico e especial serão cada precioso momento que você passar nessa experiência. A falta que o ambiente, as pessoas e as histórias lhe farão depois.

Ao final da experiência cada um retornará para os seus lares e culturas. Para o seu dia a dia com a família e seus velhos amigos. Mas talvez, o que também volte com você, é uma pequena sensação de que você não pertence mais aquele lugar. A sua casa mudou. Agora você pertence ao mundo.

Seus amigos continuam sendo aqueles que você deixou no aeroporto, mas agora eles também são aqueles que moram na Espanha, no México, na França, na Itália, na Holanda e até mesmo… na Finlândia.

A parte ruim dessa experiência é também saber que nada mais será como era antes.

As reuniões que vocês tinham com todos reunidos naquele bar relativamente perto/ relativamente longe da parada de ônibus onde a cerveja era mais barata para estudantes e que ofereciam jogos de dardos, sinucas e outros jogos de tabuleiro nunca mais acontecerão da mesma forma, com literalmente todos da grande família que você formou estando lá, presente ao mesmo tempo.

As corridas antes da meia-noite para não perder o último ônibus numero 6 ficarão na memória como dias de diversão e o risco de ter que dormir na estação de trem ou congelar no inverno do norte.

Distâncias, agendas e compromissos em outros lugares serão prioridades.

Cada um dessa família irá tomar caminhos diferentes, alguns eventualmente poderão se cruzar e irão relembrar aqueles dias de inverno, com neve e sem muito da luz do sol, alguns dos melhores e até piores dias de suas vidas.

Mas o que também ninguém te conta é que além da saudade, que durante um bom tempo irá arder no peito de tal forma que fará seus olhos lacrimejarem, é sobre o amor, que apesar das diferenças vai nascer, permanecer e será lembrado sempre com muito carinho.

Anúncios

Let The Memories Begin… Again: Rússia, São Petersburgo!

IMG_1496

A Rússia foi o terceiro país que conheci desde o início dessa minha aventura. Nem nos meus sonhos mais distantes pensei em conhecer a Rússia.

Que país incrível!

Fomos no dia 1° de Setembro e retornamos no dia 5 de Setembro. Neste post vou dar nossas informações básicas de viagem (transporte, hospedagem e dinheiro) e nos próximos vou contar mais do que fizemos por lá.

A Rússia é o maior país que restou depois do dissolvimento da União Soviética quando realmente chegou ao fim a Guerra Fria. Ainda sim é o maior país do mundo e está entre o continente Europeu e o continente Asiático.

Eu, Mariana, Gabriela e Maria Fernanda nos conhecemos por conta do intercâmbio. 3 paulistas e 1 brasiliense. Somos umas das poucas brasileiras desse programa de acordo bilateral entre a Universidade de Tampere com nossas universidades brasileiras e decidimos fazer essa aventura juntas.

IMG_2656-1
Hermitage Museum

Passagens

Chegamos em São Petersburgo no final da tarde, após uma viagem de trem vindo da Finlândia. Pegamos o trem na estação de Tampere até a estação de Tikurila. De lá trocamos para outro com direção a São Petersburgo, na Rússia.

Tampere –> Tikurila €9,90

Tikurila –> São Petersburgo €28,98 Euros

Para voltar optamos pelo ônibus, pela empresa Lux Express, pois a diferença no preço da passagem estava bem grande. Pegamos um ônibus de São Petersburgo até Helsinki. A viagem durou 7 horas. De lá, pegamos um trem até Tampere com a duração da viagem de 1h30. A viagem de ônibus foi bem confortável. O ônibus tinha wifi e Tvs individuais. Voltamos assistindo filmes.

Ônibus: St. Petersburgo –> Helsinki €15 Euros

Trem: Helsinki –> Tampere €9,90 Euros

Hospedagem

Ficamos hospedadas em um hostel em uma das avenidas principais da cidade. O nome do hostel é Missis Hudson Hostel e achamos através do site Hostelworld. O hostel não possui café da manhã mas o conjunto do preço da hospedagem + localização foram excelentes.

Escolhemos um quarto quadruplo e pudemos ficar bem a vontade pois estávamos sozinhas no espaço.

A única parte ruim foi encontrar o hostel. Ele fica beeeeeem escondido e ficamos perdidas por aproximadamente 2 horas só procurando. Lá na Rússia tem pessoas no meio da rua que ajudam turistas em troca de dinheiro. Um cara que tinha internet no celular nos ajudou.

Pagamos um total de ₽7184,00 RUBLOS  para as 4, sendo €21.68 Euros adiantados e o restante quando chegamos lá em Rublos mesmo. Isso, segundo um conversor na internet fica aproximadamente R$430,46 Reais para as quatro. Ou seja, R$107,615 para 4 noites, R$26,90375 por diária. Alô mochileiros!!! Muito barato!!!

Preço Missis Husdson hostel

Dinheiro (Câmbio)

Fomos meio que perdidas em relação a qual seria a melhor forma de trocarmos nosso dinheiro pois nossa conversão seria dupla (Reais para Euros e Euros para Rublos).

Concordamos em apenas 1 pessoa fazer um saque do cartão Travel Money no banco mais próximo que automaticamente ele faria a conversão. Sacamos RUB6000,00 e o banco cobrou uma taxa que depois coloco aqui mais explicado. Esse dinheiro seria usado para passagens de ônibus e coisas menores q só poderiam ser pagas em dinheiro. O restante eu paguei com o cartão de crédito e as meninas com o Travel Money.